Amigas [peguetes em potencial]

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009


Amizade entre homem e mulher é uma coisa muito peculiar e complicada. Acho legal ter amigas, pois as mulheres são seres bem estranhos e geralmente eu nunca sei o que elas querem. Estou falando das que eu tenho a intenção de ficar, o que na verdade é a maioria. Por isso, ter amigas neste caso ajuda a decifrar melhor o que fazer para pegar mulheres, ter menos estresse com a patroa e claro pegar as amigas dela. É não vou ficar de mentirinha aqui, é raro um homem olhar para uma mulher e não querer ficar com ela.

Algumas poucas coisas podem mudar isso como: o cara não se sentir atraído pela mulher, ela ser amiga próxima de uma ex [isso pode ter validade curta], o cara saber de algum problema grave para avanços futuros [mau hálito, má higiene, a mulher ser ruim de cama, ser frígida...], o cara ter ficado com ela e não ter gostado, ela ser ex de um brother [isso tem validade quase que eterna, só as mulheres que são muito safadas mesmo é que pegam o ex das amigas] e muito raro eles terem ficado e o cara gostado mas ela ser muito brother e ele ta precisando de uma amiga ou ter rolado uma amizade legal [mesmo assim as vezes a gente vai olhar com vontade de agarrar de novo, ainda que demore ou nunca o faça].

É fato e simples, as mulheres são lindas e maravilhosas por isso sempre é difícil resistir à tentação de se jogar para uma amiga, o agravante é que você já sabe das cosias que ela gosta e vice – versa [é um problema descobrir o que as mulheres gostam ou querem, até porque geralmente vocês são seres muito inconstantes], logo; agarrar uma amiga e transformá-la em namorada, peguete – fixa ou qualquer coisa semelhante sempre é útil e mais fácil.

Mas mesmo assim, têm algumas amigas que você percebe que ela é uma pessoa especial depois de um tempo. Por isso, mesmo ainda sentindo alguma atração por ela, tentamos aproveitar a companhia, o colo e as sábias palavras dela quando precisamos. Melhor fazer isso do que ficar se jogando para trocar fluídos, o que às vezes pode estragar a amizade.

De certa forma, acho que dei sorte nesse sentido, tenho algumas amigas significativas mesmo [obvio que são poucas], e tive também um processo curioso de namorar com algumas amigas. Tentei também fazer com que minhas ex depois se transformassem em amigas [não pensando em pega-las de novo, mas porque mesmo não dando certo percebi que algumas delas eram mulheres do caralho e não as queria distante].

Nunca tive amiga que ficasse nua em minha frente, mas não sei como reagiria se alguma ficasse [talvez eu ficasse na minha e só olhasse, não acho que seria um pião no cio e agarraria logo], mas nem acho que isso diminui as amizades femininas que tenho. Para mim o que conta muito é a disposição. Acho que amizade forte mesmo existe quando você ta na fossa e precisando de alguém liga para uma amiga que atende em qualquer hora, lugar e se possível sugira um encontro para lhe dar colo.

Às vezes acontece algo simples nessa relação, você se apaixona por sua amiga. Simples, ela te dá colo, te conhece, te da conselho, é bonita, interessante e é uma pessoa que você descobriu maravilhosa, então para que ficar procurando mulheres em outros lugares se você já achou uma. É um fato, hoje em dia achar mulheres decentes que não sejam escrotas, malucas ou interesseiras é raro. Arranjar alguém para namorar esta cada vez mais difícil e pegar as amigas às vezes nos poupa deste trabalho. Afinal, quem vai ficar andando com umas porras que nem a gente, se não gosta?!


Acredito muito em minhas amizades femininas e valorizo todas elas, mas acho que sempre é uma relação que deve se ter um cuidado a mais. É muito fácil confundir as cosias de vez em quando e machucar alguém nunca é bom, principalmente uma pessoa que se respeita, admira e ama. Existe amizade entre homem e mulher, mas ao mesmo tempo tem que se ter noção que essa história é uma história também de homem e mulher. A atração sempre vai existir em menor ou maior nível, a única coisa que tem que se dosar é como levar essa relação sabendo disso. "

-------------------------------------------------------------------------------------------------

1 - Esse texto foi originalmente publicado no blog "As Chatinhas" que pertencem a uma ex minha e suas amigas, quem quiser acessar olha na aba ao lado do blog, ou clica no link em cima do nome.

2 - Quando fiz o texto pela primeira vez, me inspirei na forma como O Cafa escreve em seu blog. Também é um blog que consta na lista de recomendo.

Quem nunca pecou que atire a primeira pedra

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009



Acho que to precisando ser cobrado por alguém quanto à freqüência de textos que posto aqui no Discurso, mas vou ver se arrumo alguém pra me cobrar com relação a isso. Às vezes tenho muita vontade de escrever sobre algum assunto, mas depois ou passa ou eu enrolo e acho que não é mais pertinente, de qualquer forma pessoa desculpas e verei se corrijo isso no futuro.

GULA - Sofro desse mal de algumas maneiras diferentes. Às vezes é relacionado à comida mesmo adoro comer bem e não tenho nojo de praticamente nenhum alimento exceto jiló e caruru, mas a maioria das vezes é o que posso chamar de “gula pela vitória” ou um excesso de competitividade. Eu não consigo sair derrotado, odeio derrotas, odeio desistir e principalmente odeio falhar em alguma coisa que me dedico, ficou obcecado por reverter o resultado e procuro realmente entender o que se passou. Ao mesmo tempo tenho desgosto por coisas fáceis e desafios, adoro competir e enfrentar oponentes qualificados, em qualquer área, seja um debate, em exames no colégio, jogos como poker, dominó, xadrez e por ai vai.

AVAREZA – Segundo alguns amigos eu sou o que chamam de “canginha” o que seria estranho para meus pais que dizem que eu não sei dar valor ao meu dinheiro. As vezes acontece essas contradições na vida, um determinado grupo acha alguma coisa de nós e um outro grupo tem uma percepção totalmente diferente. Mas no geral eu realmente sou “mão de vaca”, não que eu não goste de gastar dinheiro, eu até o faço e com prazer com as coisas que tenho vontade. Mas se vou comprar algo sempre procuro por preços razoáveis, e se vou a algum local e acho o preço ruim eu realmente faço pechincha e se não der certo procuro outro local para fazer negócios.

INVEJA – Não sei se tenho inveja de alguém específico, provavelmente não. Mas algumas vezes a minha “gula por vitória” tente a imaginar como seria a minha vida se eu fosse atleta profissional de algum esporte, vivendo momentos de pressão, lutando sempre pela vitória, ouvindo e enfrentando as multidões tanto apoiando quanto vaiando. Acho que seria interessante no mínimo, mas não seria melhor ou pior do que a vida que tenho e nem me arrependo de minhas escolhas e de onde elas me levaram não ao ponto de ter inveja e me ressentir disso.

IRA – É engraçado, mas talvez o que eu escreva agora muita gente discorde, mas espero que os meus mais chegados me entendam e concordem comigo. É muito difícil eu ficar chateado com alguém, muito mesmo. Poucas foram às vezes que eu fiquei brigado com alguém e depois evitei falar com ela, ou tratava-a mal, pois isso não é um comportamento meu. Apesar de eu ter costume de falar alto e xingar muito, isto de certa forma virou um grande teatro, gosto de “incomodar” as pessoas e fazê-las questionar algumas coisas, mas saibam o seguinte no dia que eu olhar pra alguém sério e falar calmamente algum agouro é porque ela realmente passou dos limites e ai, tenha medo. Mas geralmente meu excesso de palavreado trovejante é só pressão.

SOBERBA – Bem...talvez seja o pecado que eu cometa com mais freqüência ou aquele que menos me orgulho. É eu sei que sou orgulhoso de mais, e sei que me acho também, é recorrente ouvir isso e quase sempre é verdade. De certa forma ser orgulhoso é uma das coisas que mais fazem quem eu sou, me definem muito também. É o orgulho que me faz querer vencer sempre, é ele que me faz pesquisar a coisas que quero saber, é ele que me move muitas vezes em várias direções, mas não gosto de tratar mal as pessoas, ao menos isso meu orgulho nunca foi culpado. É por causa dele que tenho um modo de operar independente, gosto de me sentir livre e buscar essa liberdade e me amar acima de tudo. Mas há algum tempo atrás ele me atrapalhava nas relações interpessoais, e ai percebi que ele serve pra muita coisa, mas deve ser mantido sobre a coleira pra que eu não me torne uma pessoa antipática.

PREGUIÇA – Meus pais talvez discordem disso, mas não sou preguiçoso. Ao contrário odeio ficar sem fazer nada, isso me dá um vazio danado, se pudesse passava o dia todo fazendo coisas interessantes e diferentes sem parar, bastaria ter dinheiro o suficiente, criatividade e companhia pra tanto. Adoro sair, me divertir, conhecer gente e não curto muito ficar parado não [nem que seja mentalmente] posso ficar sentado, lendo, ouvindo, música, vendo filmes e escrevendo, mas sempre com a mente ocupada, não gosto de ficar na cama deitado e dormindo o dia inteiro até porque eu tenho uma insônia horrível então nem adianta nada ficar estirado que nem defunto.

LUXÚRIA – Hummmmmm. Talvez o meu pecado predileto. Adoro as mulheres, adoro amar, apesar de que faz já um tempinho que isso não acontece. Gosto muito de estar solteiro, é legal, mas sempre preferi as relações estáveis e duradouras. Curto muito conhecer profundamente uma pessoa e me deixar conhecer também, compartilhar medos, sonhos e carinho. Descobrir o corpo do outro, saber onde tocar e dar arrepios, saber como a outra pessoa gosta de sentir prazer e isso vem com o tempo além de sempre ser mais significativo.

-------------------------------------------------------------------------------------------------
Bem para primeiro post do ano quero colocar algo mais leve e então respondi a um meme mandado por uma amiga sobre os 7 pecados.


 

O que é o Discurso Humanista

Minha foto
Vamos ver: É um blog, acho que isso já diz tudo. Na verdade vai ser um apanhado de idéias que estão por aqui mesmo em minha cabeça, isso inclui bastante coisa mesmo. Serão abordados temas relevantes e irrelevantes e que de qualquer forma tenham alguma relevância para mim em um dado momento. Futebol, política, cinema, música e muitas coisas podem servir de tema de inspiração. Sejam bem vindos os futuros visitantes. Abraços a todos!

Melhores Textos

Categorias