Dia 5 - Atriz e ator preferidos

domingo, 18 de dezembro de 2011

Bem assim como nas categorias anteriores não estou querendo teorizar o que é melhor, mas principalmente o que foi mais significativo para me tornar o fã de cinema que sou hoje. A escolha de atores para mim não chega a ser tão relevante quanto a de diretores e roteristas, embora eu concorde que um bom ator ajuda a dar pronfundidade em uma obra mais fraca. Como fiquei em dúvida nessas escolhas vou citar também algumas pesoas que considerei para a escolha.

Atriz: Ponderei bastante sobre essa escolha e percebi o quanto as atrizes mais conhecidas hoje em dia são medianas e ainda assim são premiadas (Julia Roberts e Sandra Bullock estão ai para provar o que digo). A minha escolha vai para uma atriz que respeito bastante e que a cada ano vai conquistando um espaço no meu coração com espectador. Ela é bonita mas não é deslumbrante e sua beleza não causaria uma guerra como Helena de Tróia, começou jovem como atriz e desde cedo mostrou talento. Soube também manejar a sua carreira de forma interessante não se prendendo aos padrões do mercado e mesclando filmes que lhe exigiram um pouco mais. Natalie Portman é a minha escolhida, quase sempre faz boas escolhas de filmes e atua bem. Mensão honrosa para Kate Winslet e Meryl Streep, que por pouco não ganharam esse lugar.

Ator: Muitos não vão conhecer este ator, já os fãs de Kurosawa como eu saberão com certeza o quanto "O Lobo" representa para o cinema japonês. A sua parceria com Kurosawa rendeu 16 filmes, muitos papéis marcantes e reconhecimento internacional também. Destaques para a sua participação nos filmes: Rashomon, Os Sete Samurais, Trono Manchado de Sangue, A Fortaleza Escondida, Yojimbo - O Guarda-Costas, Sanjuro e O Barba Ruiva. Nascido na China e filhos de pais japoneses ele é considerado por especialistas como o maior ator oriental de todos os tempos. Teve também uma carreira longa fazendo ao todo 130 filmes e sendo premiado por 60 deles, o que dá um pouco da noção do seu talento. Toshirô Mifune é o meu ator preferido, por estar presente e fazer bem o seu papel em vários dos filmes que gosto. Mensão honrosa para Tom Hanks, Jonnhy Depp e Edward Norton.  

Dia 4 - Melhor diretor

sábado, 17 de dezembro de 2011

 Akira Kurosawa - O Imperador

Bem dá para imaginar quem deve ser o escolhido nessa categoria. Quem leu os posts até aqui sabe o quanto eu gosto dos filmes do "Imperador"¹, como os seus filmes me marcaram e o que ele represente para o cinema oriental. Akira Kurosawa começou no cinema como assistente de diretor, depois foi roterista, mas deu o salto para o estrelato mesmo quando assumiu totalmente o controle de suas próprias produções. A influência de sua obra se faz presente ainda e hoje e cineastas como Geroge Lucas, Steven Spilberg, Francis Ford Coppola, Martin Scorsese, Quentin Tarantino e os irmãos Wachowskis já se declararam fãs do diretor. Sem falar no gênero western que foi amplamente influênciado pelas obras do "Imperador" incluindo dois de seus maiores sucessos que tiveram adaptações praticamente fiéis - Os Sete Samurais virou Sete Homens e um Destino, e Yojimbo foi adaptado depois em Por um Punhado de Dólares.

O grande diferencial para mim de seus filmes são a sensibilidade que aflora de seus personagens, e técnica que ele usa para filma-los. Quem estuda ou conhece um pouco da cultura japonesa sabe o quanto as produções dele espelham o seu povo; o modo de agir, de pensar, a música os costumes são um reflexo da alma nipônica. Além disso seus filmes são muito bons, gosto de quase todas as suas produções e mesmo as adaptações que ele fez de obras ocidentais ficaram também muito belas. Por tudo o que representa para o cinema e para a minha formação como apaixonado por filmes, Kurosawa é meu grande sensei² no mundo da 7ª arte.

------------------------------
1 - Akira Kurosawa foi apelidado de "O Imperador" por ser o maior representante da filmografia nipônica, pela grande quantidade de filmes que produziu e pelo grande reconhecimento internacional que teve.


2 - Traduzido do japonês a palavra sensei siginifica mestre.

Dia 3 - Sessão da tarde Inesquecível

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Ah; sessão da tarde, o momento que toda a criança aguarda até aprender a mexer na TV a Cabo direito ou descobrir como baixar os filmes na internet. No meu tempo eu só tinha a opção de no máximo mudar para o SBT que em alguns dias da semana passavam filmes a tarde como o "mágico" Trovão Azul. Ahhhh, bons tempos aqueles. Eu poderia citar um número quase infenito de filmes que adorei ver quando mais jovem, mas vou falar dos mais significativos aqui porque obviamente merecem uma mensão honrosa. Goonies, Te Pego Lá Fora, Loucademia de Polícia, Férias Frustradas, Um Morto Muito Louco, Corra Que a Polícia Vem Aí,  e claro o melhor para 90% da população Curtindo a Vida Adoidado. Todos esses filmes são a cara cuspida e escarrada das produções de Sessão da Tarde, cheios de confusão aprontadas por uma turminha do baraulho e fariam juz a categoria.


 Os Aventureiros do Bairro Proibido

Como os melhores filmes de sessão da tarde Os Aventureiros do Bairro Proibido não tem uma sequência. Desde a primeira vez que ví esse filme eu gostei muito, personagens muito loucos, com poderes peculiares, aventura e claro muita mentira do jeito que as crianças gostam. Como bônus ainda temos a participação especial de personagens que ficariam famosos com Raiden!!! (Mortal Kombat), o Observador!!! que veio do desenho Caverna do Dragão e até o primo feio do Pé Grande!!! entre outros. Gostei bastante de Kurt Russel fazendo um motorista de caminhão durão, tendo que ajudar recuperar a noiva (uma chinesa de olhos verdes!!!) de seu melhor amigo que foi raptada. A aventura se passa em Chinatown, San Francisco e envolve o espectador em um mundo repleto de seres estranhos das lendas Chinesas (provavelmente o meu primeiro contato com a cultura oriental). As cenas de luta também são bem legais, mas o roteiro é o que faz o filme ser mesmo sensacional.

Raiden antes da fama de MK

Dia 2 - Melhor sequência inicial e melhor sequência final

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Pensei e ponderei bastante sobre a escolha destes dois filmes, confesso que cheguei a consultar alguns outros sites e blogs a respeito. Filmes com sequência geralmente implicam em franquias, quase sempre os filmes de ação, aventura, ficção e terror são os que geram franquias. Ninguém vai ver a sequência de Forest Gump, Casablanca, Sociedade dos Poetas Mortos, A Lista de Schindler; todos filmes considerados drama (a única exessão é O Poderoso Chefão). Porque na verade essas histórias nem tem mais o que continuar, não faz sentido sabe. Por isso eu meio que pensei, os filme que forem escolhidos na verdade poderiam ou deveriam ser os definitivos, encerrando a jornada do espectador alí mesmo. O que quero dizer é que os dois filmes escolhidos fazem com que as histórias abordadas não necessitem mais ser trabalhadas, com eles o espectador se sente satisfeito, realizado com o que se passa na tela; além claro de serem grande produções.   

Melhor sequência inicial

Matrix foi um filme que mudou e muito o meu modo de olhar o cinema, uma produção que abusava do jogo de palavras e com diálogos altamente filosóficos; além claro das cenas de ação fantásticas. Foi um dos primeiros filmes que ví no cinema e me senti compelido ao mesmo tempo a assisti-lo novamente e a "convocar" os meus amigos a fazer o mesmo. É uma daquelas produções que você vê e revê e em cada vez descobre coisas novas dentro dele, precebendo detalhes e nuances escondidas durante as outras projeções. Além disso, é uma produção que tem uma trilha sonora fantástica, contendo artistas que gosto e respeito. Presente em muitas listas de melhores filmes do século passado o grande poder do primeiro filme desta saga é o modo como ele agarra a mente do espectador e faz esse questionar o seu modo de viver. Como estudante de psicologia passei muitos momentos discutindo e indo a exibições de sessões de "cinespsi" pensando e repensando os mitos presentes dentre deste filme. Um dos melhores filmes que ví na vida com certeza; e que como produção para mim não tereia necessidade de nenhuma sequência. 

Melhor sequência final

Tenho certeza que essa escolha pode chocar muita gente (principalmente aqueles que nunca viram ou ouviram falar desta produção), mas talvez nem tanto para aqueles que lêem com frequência o Cinema Detalhado. Pois estas devem conhecer o post que escrevi lá há pouco tempo com meus filmes prediletos (veja este texto). Sanjuro é mais um filme de Akira Kurosawa e sequência da produção Yojimbo, O Guarda-costas (que deu origem ao western Por um Punhado de Dólares estrelado por Clint Eastwood). Aqui no Brasil não fez tanto sucesso, aliás é bem pouco conhecido. Acho que esse é o filme de ação definitivo, se alguém for pensar em fazer qualquer filme de ação deveria olhar sempre para Sanjuro como exemplo. Um roteiro bem simples, mas muito cativante, assim como seus personagens bem caricatos que divertem, encantam e conquistam o espectador. Além disso, a coreografia das lutas de espada são um show, uma produção feita com muito primor e a qual vejo e revejo sem nunca me cansar de sua beleza e profundidade. Confesso também que por muito pouco não foi o fime escolhido no dia 1.

Até o próximo dia e o próximo filme.

Dia 1 - Filme da Minha Vida

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Nossa pensar no filme de minha vida é bastante complicado, são vários parâmetros que posso usar nessa escolha e nenhum deles será certo ou errado. Dependendo do dia ou da época do ano eu com certeza mudo de opinião com relação a essa escolha...mas vou tentar falar um pouco sobre essa escolha e o filme em sí.

Os Sete Samurais (Akira Kurosawa)

Quem me conhece um pouco sabe o quanto sou apaixonado pela cultura nipônica, fiz até trabalhos na faculdade sobre a cultura oriental. Com isso lí e assisti muita coisa sobre o povo de olhos puxados e a cada momento fiquei mais fascinado por eles. Gosto muito dos filmes chineses também mas os japoneses e em especial o mestre Kurosawa mexem comigo mais do que qualquer outro cineasta. A grande dúvida pairava mais sobre a escolha; Rashomon e Sanjuro foram os outros fortes concorrentes. Pesou a favor de Os Sete Samurais o fato deste ser um filme mais completo, uma produção que tem drama, comédia e ação presentes durante as quase 3 horas e meia de duração (e em preto e branco!!!).

Os Sete Samurais é um filme que mostra o lado mais belo e brilhante do cinema de Kurosawa, uma verdadeira viagem pela alma humana, por entre emoções e comportamentos e que expõe o estilo de vida dos samurais e ronins. É um filme onde tudo é tratado com muita naturalidade e ao assistir o filme você se identifica com os personagens que são bem trabalhados, cada samurai com uma personalidade diferente e com um história unica.

Kurosawa realiza com perfeição e rigor uma das obras-primas do cinema japonês, principalmente pela beleza plástica de suas cena todas muito bem elaboradas em especial na batalha da chuva, onde ele consegue transportar para tela um nível de ação sem precedentes. Os Sete Samurais é o filme mais aclamado da obra de Kurosawa, além de ser considerado o western do cinema oriental. Sendo também Considerado por muitos uma das obras-primas do cinema, talvez um dos poucos filmes que podemos chamar de perfeito.

Até o próximo dia e o próximo filme.
Que o Meme Um Mês 31 Filmes (leia sobre o meme) continue e que vocês gostem!

Um Mês, 31 Filmes

Olhando e futucando na internet eu soube desse meme e resolvi tomar coragem e inciar a construção de algo representativo novamente aqui pelos lados do Discurso Humanista. Iniciando mais uma das inúmeras tentativas de retomar esse lugar que é meu por criação e origem de outras coisas legais que fiz como o Cinema Detalhado. Como todo meme que se preze segue os convidados a fazarem os mesmo: Eu os desafio e conclamo a participarem dessa jornada também! Hugo, Amanda, Clenio, Rafa e o Renato.

As categorias do Meme Um Mês, 31 Filmes são:

Dia 1 - Filme da Minha Vida (leia o texto)
Dia 2 - Melhor sequência inicial e melhor sequência final (leia o texto)
Dia 3 - Sessão da tarde Inesquecível (leia o texto)
Dia 4 - Melhor diretor (leia o texto)
Dia 5 - Atriz e ator preferidos (leia o texto)
Dia 6 - Com o coração na boca (leia o texto)
Dia 7 - Comédia-tonta-que-não-prejudica-os-neurônios
Dia 8 - Filme Cebola (mais triste de todos)
Dia 9 - Filme mais romântico
Dia 10 - Guilty pleasure
Dia 11 - Melhor drama
Dia 12 - Melhor Ano da História do Cinema 
Dia 13 - Maior roubada cinematográfica
Dia 14 - Batendo Papo (melhor diálogo)
Dia 15 - Melhor Horizonte (Fotografia inesquecível)
Dia 16 - Melhor-Durão-Que-No-Fundo-É-Coração-Mole
Dia 17 - Brasileirão 
Dia 18 - Melhor Animação
Dia 19 - O melhor Faroeste
Dia 20 - Melhor comédia romântica
Dia 21 - Preto no Branco (Melhor Noir)
Dia 22 - So you think you can dance (melhor musical)
Dia 23 - Melhor DR
Dia 24 - Melhor par romântico
Dia 25 - Meu Vilão Favorito nos Filmes
Dia 26 - Unha e Carne (Melhor Amizade)
Dia 27 - Porrada (melhor cena de violência)
Dia 28 - Quente e Úmido (melhor sequência de sexo)
Dia 29 - Saída pela Esquerda (melhor sequência de perseguição)
Dia 30 - Nunca mais (filme mais traumático)
Dia 31 - Minha Vida em 3 sequências

Claro que pensei muito antes de aderir a esse Meme, por ser muito grande e tomar muito tempo e dedicação para realizar tal façanha, mas principalmente estava evitando-o com medo das minhas escolhas. Deixo de lado esses pensamentos e vou tentar mostrar aqui um pouco mais do que gosto e não gosto no mundo do cinema.
Abrços!
 

O que é o Discurso Humanista

Minha foto
Vamos ver: É um blog, acho que isso já diz tudo. Na verdade vai ser um apanhado de idéias que estão por aqui mesmo em minha cabeça, isso inclui bastante coisa mesmo. Serão abordados temas relevantes e irrelevantes e que de qualquer forma tenham alguma relevância para mim em um dado momento. Futebol, política, cinema, música e muitas coisas podem servir de tema de inspiração. Sejam bem vindos os futuros visitantes. Abraços a todos!

Melhores Textos

Categorias